quinta-feira, 4 de março de 2010

O diabo veste Prada- Trabalho ou vida pessoal ?

Caros receptores,
É com imensa alegria que trago mais uma postagem. Bem, desta vez quero abordar um tema mais pessoal, e para os loucos e fanáticos pelo mundo da moda, sejam bem vindos. Como já devem saber irei escrever sobre o ilustre filme “The devil wears Prada”. O longa, lançado em 2006 conta a história de uma jovem recém formada em jornalismo, Andrea Sachs (Anne Hathaway), que tem seu primeiro emprego em uma grande revista de moda, a Runaway Magazine.
Uma jovem, um emprego, um belo futuro profissional pela frente...Ops! Já ia me esquecendo de alguns detalhes. A Runaway é uma revista de moda então gostar de moda é essencial, e algo me diz que isso será um problema para Andrea. Se você acha que a jovem jornalista está encrencada por isso você está muito enganado, perto de Miranda qualquer problema parece simples.

"-Quem é Miranda?
-Você nunca ouviu falar da Miranda Priestly?Miranda é a editora chefe da Runaway. Ela é uma linda!"

Esta descrição seria ótima se não viesse de uma puxa-saco. A toda poderosa Miranda (Meryl Streep ), é simplesmente o Diabo vestindo Prada; “Streep encarna com perfeição o estereótipo de chefe sádico, que exige simplesmente a perfeição de seus subalternos e que sabe acabar com qualquer um com um simples olhar”. Como podem notar, nem arrisquei descrever tal personagem.
O emprego que toda garota sonha, acompanhado por uma chefe que promete ser uma megera, e conquistado por uma jornalista brega no seu primeiro emprego forma uma bela mistura, vocês não acham?? É, pensando bem também acho que não.



Como minha missão é levar a ficção a realidade, vamos ao trabalho! Acho que usei o termo certo, “TRABALHO” pois é sobre isso que vamos discutir. Bom, a cada ano milhares e milhares de jovens são lançados ao mercado de trabalho. Essa é uma parte muito importante da nossa vida, é quase tão importante quanto o dia em que nascemos, aliás estamos começando mas um ciclo de nossas vidas. E como se não bastasse, junto a ela vem a responsabilidade, a independência, e nosso histórico de vida passa para uma nova fase onde as notas vermelhas da escola são apenas uma cor perto dos novos métodos de avaliação.
No filme os primeiros dias de andy chegam a dar medo, e mancadas são inevitáveis. Ao passar por algumas situações como: “Ligue para o Demachelier” , “encomende 15 saias da Calvin Klein” e uma avaliação de seu figurino, dos pés a cabeça, feita por Miranda causam um distúrbio na vida da garota. “Dema...Dema...”(Coitada, não sabe pronunciar uma simples palavra francesa, DEMACHELIER), “Que tipo de saia?”, “Poderia soletrar GABBANA?” Só bola fora.
No lugar de Andrea eu pensaria seriamente em desistir. Mas não foi o que ela fez. Depois de muita correria, muita humilhação, muitas tarefas que pareciam impossíveis, como conseguir o MANUSCRITO de Harry Potter, ouvimos um suspiro “Acho que fiz alguma coisa certa!”. É isso aí meu caro receptor, nada melhor que a prática. Andy em pouco tempo estava no mundo da moda, deixando de boca aberta todos que conheceram aquela jovem gorda e sem o mínimo senso de moda; a garota, agora magra, estava passeando pelas ruas de Paris na semana de moda, que por sinal é o sonho de muita gente. Se deu bem!



Tudo que é novo causa um grande impacto na nossa vida, mas nada que o tempo não conserte. No seu primeiro ou novo emprego, mesmo que tudo pareça impossível, lembre-se que você vai se acostumar (Ou não, mas prefiro pensar que sim, “sempre espero o melhor”).
A Dama de Ferro, como miranda é chamada pelos jornalistas, é um exemplo de competência. Uma profissional realmente dedicada a ponto de jogar pro alto a vida pessoal. Andrea conseguiu, depois de muito esforço, chegar ao caminho que levou a editora chefe ao topo. Mas aos poucos a jovem foi se sentindo muito envolvida com o seu trabalho, inclusive deixou seu namorado para participar da semana de moda em Paris.
“-Se quiser continuar, escolhas são inevitáveis.”
Essa foi a frase dita por Miranda que fez Andy cair na real e perceber que se quisesse continuar, deveria tomar algumas atitudes, mesmo que essa fosse contra sua ética. Para Andy a vida é mais que um emprego, uma grande carreira ou o glamour; de nada adianta a fama se por trás disso há uma vida amargurada, triste e sem companhia. Então fica bem claro a escolha de Andy né? Ela optou por parar ali.
Uma comédia, inesquecível e sinceramente o melhor filme que já vi.





Miranda? Continuou sendo a diabólica editora de moda .
Andy? Conseguiu emprego em um jornal (isso com um empurrãozinho de Miranda) e voltou a ser brega.

Subir na vida fazendo de seus amigos os degrais, Miranda.
Descer na vida pra consertar os erros, Andy.

Miranda estava separada novamente, e isso fazia dela um ganha pão dos escritores de coluna de fofoca: “Salve a Dama de Ferro!”, “Viva a Rainha de gelo!”.
Andy voltou para o seu amado, e isso lhe rendia um sanduíche de queijo por dia e de quebra seus quilinhos de volta.

Miranda, o sonho de toda garota.
Andy, a realidade de quem acorda desse sonho.







Acho que não preciso explicar né? Há quem veja Miranda como vilã, mas não encaro dessa forma. Ela apenas escolheu continuar. Cabe a você escolher seu destino, trabalho ou vida pessoal?

"Por quê ninguém nunca está pronto?"


Aos que escolhem a vida pessoal, Sejam felizes para todo sempre!
Aos que assim como eu escolhem o trabalho...

“Me avise quando sua vida pessoal virar fumaça”, é sinal que está no caminho certo!

[mensagem entregue]

14 comentários:

  1. Para mim a Miranda nunca será uma vilã! Ela é apenas uma personagem fictícia, mas acho que se ela fosse real, eu seria fã dela, com certeza seria uma das um milhão de garotas que queriam ser assistente dela. Eu tenho dó da Andy, não por a Miranda ser tão exigente (sádica, talvez), mas porque ela não teve nenhum apoio dos amigos dela. Aquilo foi ridículo. Ela só iria trabalhar durante um ano na Runway para realizar seu sonho de escrever para um jornal importante e, na minha visão, em parte alguma ela pareceu "vender sua alma ao diabo", durante todo o filme ela parecia doida para aquilo tudo acabar, ela só queria manter seu emprego. Foi ridículo Lily e Nate reclamando que ela estava os deixando. Ela só estava se sacrificando em prol de um objetivo maior, sacrifícios são necessários, a vida é assim, ora! Seus amigos deviam tê-la apoiado! E, pÔ, a Lily fez mó escândalo porque o Christian Thompson deu um beijo no rosto da Andy, ela fez uma verdadeira tempestade em copo d'água! Pior foi quando ela ficou com raiva porque a Andy ia se atrasar pro aniversário do Nate. Pô, trabalho é trabalho! Ah, quer saber, a Andy devia ter ficado com o Christian Thompson mesmo. O cara era muito mais gato, mais charmoso e mais realista, prontofalei kkkkkkkkkkkk.
    E a Andy não servia para trabalhar no mundo da moda mesmo, isso é claro! Mas eu queria estar no lugar dela! haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu conheço duas Mirandas na vida real, não é ficção é realidade, e aprendi muito com essas pessoas. “Me avise quando sua vida pessoal virar fumaça”, é sinal que está no caminho certo! a minha já virou faz tempo !

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. A Miranda, pode ser sim uma vilã; mais não porque ela quer e sim porque é o dever dela.
    É terrível, ser as vezes perfecsionista demais tras graves conseqüências e quem sofreu ela no caso foi Andy; eu adoro esse filme, é uma grande lição de vida!

    *-*
    o mundo da moda nem sempre tras uma vida boua as pessoas.

    ResponderExcluir
  4. Nãao assiti o filme , mais ta muito bom a postagem' ;)

    ResponderExcluir
  5. Este filme é realmente muio interessante, eu assisti e gostei.
    Miranda é apenas...exigente.

    ResponderExcluir
  6. esse filme é tudo de bom. Meryl Streep dá um show! é ela quem leva literalmente o filme nas costas. acabei de comprá-lo. é um dvd que não pode faltar na coleção de quem gosta de cinema.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Acho o capitalismo o grande vilão da História Miranda so faz parte do sistema e todos tem que fazer o que ela pede...Acho barbaro a hora que ela pede o livro do Hary Poter rrssrs Perfeito o filme

    ResponderExcluir
  9. O filme retrata a vida de uma simples garota(AND) que se ilude com o mundo da moda, e acaba se dececpcionando e percebe que tudo aquilo era fútil para sua carreira.
    E trasendo para o mundo da realidade, isso não é diferente, todos sonham em ser famosos, ter a mesma vida de Andrea, entretanto, acabam perdendo o bom da vida, o amor, a amizade, enfim!
    e com esse filme eu aprendi muito sobre essa questão!!

    ASSINA: uma simples garota ateh mas

    ResponderExcluir
  10. Pessoal, é bom lembrar que esse filme está totalmente baseado em fatos reais. E que realmente ele é ótimo, para uma analise pessoal.

    ResponderExcluir
  11. Hi, just wanted to say, I liked this blog post.
    It was funny. Keep on posting!
    Look into my blog ; PRADA ブランド

    ResponderExcluir
  12. Hi, this weekend is nice in support of me, as this time i am reading this great informative
    piece of writing here at my house.

    Feel free to visit my blog post :: http://big-svr.net/modules.php?name=Your_Account&op=userinfo&username=ErnieDick

    ResponderExcluir
  13. I'm not sure where you are getting your info, but great topic. I needs to spend some time learning much more or understanding more. Thanks for fantastic information I was looking for this info for my mission.

    my page; レイバン

    ResponderExcluir